Painel 6: A China no cenário internacional

No painel VI, a Mestra Joyce Helena e o Graduando João Cumarú, discutem aspectos concernentes aos recentes posicionamentos e movimentos da China no cenário internacional. Veja resumo das apresentações:

Msc. Joyce Helena – Núcleo D&R
A NOVA DEPENDÊNCIA: UM ESTUDO DAS RELAÇÕES CONTEMPORÂNEAS ENTRE BRASIL E CHINA (2000-2012)
O objetivo deste estudo é delinear alguns aspectos da relação bilateral sino-brasileira, no período 2000-2012, a fim de verificar, principalmente, a partir do padrão de comércio e das relações políticas, de que forma a aproximação entre os dois países tem impactado no Brasil. O esforço consiste numa tentativa de mensurar se esta aproximação, tanto em termos econômicos quanto políticos, tem permitido ao Brasil avanços consistentes no sentido de um projeto político de desenvolvimento ou se refletem apenas ganhos conjunturais, enlaçando o país latino americano numa nova condição de dependência do mercado chinês para seus produtos primários, trazendo à tona a questão da especialização regressiva da pauta de exportação brasileira, e a possibilidade de uma desestruturação de sua indústria pela enxurrada de produtos chineses de baixíssimo custo de produção e, portanto, mais competitivos.

Graduando João Cumarú – Núcleo D&R
A PRESENÇA DA CHINA NA ÁFRICA: UM PANORAMA GERAL DAS RELAÇÕES SINO-AFRICANAS

A pesquisa faz parte de uma reflexão mais ampla que tem se desenvolvido no Núcleo de Estudos Regionais e do Desenvolvimento, em estudos diversos sobre países periféricos e emergentes, nos quais o recente processo da China vem se colocando como um tema central. No contexto atual da globalização, as relações sino-africanas nas relações internacionais têm destaque crescente. A China tem tido uma política externa para a África que é particular; apresenta-se aos seus parceiros africanos como um país em desenvolvimento e, portanto, com os mesmos problemas econômicos e sociais das economias africanas. Essa abordagem igual-igual facilitou a empatia África-China, reforçada pela ideia de que os negócios são ganhadores para ambas as partes. Nesse sentido, o objetivo principal da pesquisa, partindo de um estudo do cenário da China e suas relações internacionais, é analisar a grande política da China para os países do continente africano delineando as suas principais características. A pesquisa está sendo feita a partir do levantamento de dados das relações comerciais dos governos envolvidos e de organismos internacionais. Além disso, estão sendo consultadas bibliotecas especializadas, periódicos científicos e informativos, sítios virtuais; relatórios de desenvolvimento da ONU, União Africana, União Européia; e Fórum de Cooperação China-Africa. Ao final da pesquisa espera-se a construção de um panorama das relações sino-africanas, destacando suas características principais e sua importância dentro do contexto das relações internacionais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s